Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2012

Tempo

Quero gritar com o tempo.
- Páre já, para eu me adaptar, ou vá de vez, para que eu não veja.
Esses eternos segundos que insistem em passar com o tempo de segundo .
Só passar e nunca parar.

Quero parar agora!
- Triste, bonita, sozinha, confusa, moderna, feliz.
Entender e aceitar tudo que sou.
Gosto de ser assim.

O tempo me muda.
- Não quero mudar de novo!
Mudar é perder importancia? Não quero que perca.

Ou quero?


tem amor na sujeira do chão

amor barato
amor do lixo














de Classificados, rádio night love FM;
"procura-se amor de(s) graça pra bagunçar meu lençol na madrugada e sair de fininho pela porta dos fundos na manhã seguinte pago bem"
Arthur Azoubel

dispenso o bar central

Chegou a hora do fim. Mas pelo menos não temos que dividir nada, nada além de lembranças, acordos e segredos. Aquele livro que eu te dei, mas guardei um igual pra mim, fica jogado na prateleira como se eu nem gostasse dele. Os presentes que você não deu, só me lembro do museu, em algum lugar da Europa, onde eles deveriam estar. Os emails eu apago, deleto mensagens e bloqueio no facebook, simples, num passe de mágica nada mais aparece. Mas agora, o que eu faço com os lugares? Ah! sabia que o sucata foi demolido?? Se não me engano foi ali que a gente almoçou e ficou de bobeira no estacionamento até dar vontade de ir embora, mais ou menos isso. O escritório continua do lado da casa do meu pai, sempre olho pros prédios atras imaginando onde o resto da familia mora. O bar que a gente almoçou agora é na minha rua e eu insisto em olhar para uns enfeites na parede e pensar que sentei ali embaixo pra comer filé com fritas. Quer saber de uma coisa? Fica com o central... Fica com o central, com …